domingo, 24 de agosto de 2008

quinta-feira, 21 de agosto de 2008

segunda-feira, 18 de agosto de 2008

terça-feira, 12 de agosto de 2008

sábado, 9 de agosto de 2008

Vanity Party 15.08.08


Karina Dohme: paulista por nascimento, carioca por opção

Posar para as lentes do DJ Pappa não foi tarefa difícil para Karina Dohme, de 23 anos. Incentivada pela mãe, a ex-modelo Fátima Dohme, a bela desta sexta-feira da festa Vanity convive com os holofotes desde cedo: começou a estudar teatro aos 7 anos e já estrelou diversas campanhas publicitárias. Ela lembra com saudade da adolescência passada na TV, em que foi uma das estrelas do seriado Sandy & Junior, na pele da estudante Bete.
“Nunca fiz o tipo magrela, então abandonei a carreira de modelo e decidi apostar na atuação. Passei a minha adolescência fazendo Sandy & Junior. O programa era gravado em Campinas, mas sofreu umas alterações e começou a ser feito no Rio. Acabei adotando a cidade como meu lugar”.
Hoje, Karina continua a todo vapor. Acaba de gravar uma participação no “Casos e Acasos”, da Rede Globo. Quando sobra um tempo gosta de ir à Prainha para relaxar.
“Sou muito ligada à natureza”.

sexta-feira, 8 de agosto de 2008

quarta-feira, 6 de agosto de 2008

Vanity Party 08.08.08


Mariana Umpierre: sobre livros, amigos e romantismo

Determinada, romântica e assumidamente tímida. Assim é a advogada Mariana Umpierre, que deu um tempinho no acanhamento e nos livros que devora para um concurso público para ser a bela desta sexta-feira, 8 de agosto, da festa Vanity, no Boox. Em nome da amizade cultivada por cinco anos com Pappa, a morena, de 27 anos, posou para as lentes do DJ no Parque Lage, ambiente que, para ela, tem cheirinho de infância.

“Desde fevereiro, o Pappa vinha me convidando, mas eu fui enrolando, enrolando (risos)... Sou muito tímida. Pedi que fosse tudo muito natural, sem superprodução. Adoro o Parque Lage, desde criança freqüento. Já fiz aula de arte lá, tem locações lindíssimas.”

Solteira, Mariana tem nos amigos seus grandes tesouros. Não se prende a padrões de conduta, nem aos ditos da moda, pois o importante, segundo ela, é se sentir bem. Acredita no casamento e tem nos pais um exemplo de união bem-sucedida.

“Meus pais são bem casados, acho lindo e quero para mim. Acredito na reciprocidade do amor.”